Análises

Análise de Wheelspin Frenzy

wheelspinQuem não se lembra dos tradicionais jogos de corridas com visão isométrica, muito usuais durante os anos 90? Certamente que os fãs deste género se recordam de diversos clássicos da altura. 

Wheelspin Frenzy, transporta-nos até um tempo onde jogar em coop no sofá era algo banal. Hoje em dia é algo mais raro, pois é quase tudo online. É possível jogar até 4 jogadores ao mesmo tempo, dividindo-se o ecrã em 4 partes. Ao todo, podemos ter 8 viaturas ao mesmo tempo durante a corrida mas também é possível reduzir para o número que quisermos, ficando no mínimo 4 ativas. Ao todo, existem 12 viaturas disponíveis, cada uma com o seu visual. Em termos de condução, existem alguns carros mais rápidos que outros, embora não haja estatísticas para comparar. Eventualmente, se testarem o Trator, irão reparar que é bem mais lento que o primeiro carro que temos para poder escolher.

frenzy1

A jogabilidade é puramente arcada e pode ser algo complicada ao início. A ausência de um mapa pode dificultar a antecipação da próxima curva, principalmente quando vamos a alta velocidade numa reta. O mais que pode acontecer é saírem disparados na curva e levar muito tempo até retomarem a pista. Outra situação que torna a jogabilidade mais difícil, pelo menos no início, é a maneira como se conduz. A certa altura, já achava que a melhor forma de fazer as curvas, e mais rápida, era em drift. Se quiserem travar antes de curva e fizerem-na a uma velocidade mediana, nem sempre dá bom resultado. Como os carros levam um pouco de tempo arrancar, senti que fazer drift sempre foi a melhor opção, embora nem todas as curvas permitam tal manobra.

Por falar em velocidade, existe a possibilidade de irem aumentado a barra do nitro, no entanto, para o fazerem, precisam embater nos concorrentes ou em objetos espalhados pelo mapa, tais como pneus, pinos, a própria destruição de certas casas mesmo nas curvas ou até campos de cultivo. Não é que seja mau desta forma, mas acaba por nos querer fazer andar fora do circuito, quando o objetivo é ganhar a corrida… Um pouco contradição na minha opinião.

Existem 20 circuitos, divididos por 4 zonas diferentes – campo, zona gelada, montanhas e circuito de corridas. Cada zona tem fatores que influenciam a maneira de conduzir, o que nos obriga a nos adaptarmos rapidamente cada vez que se começa uma corrida numa zona diferente. A título de exemplo, nos circuitos das zonas geladas, o carro tem uma maior tendência para deslizar mais facilmente por causa da neve/gelo. Noutros locais, temos pneus na beira da estrada, os quais se embatermos, podemos facilmente perder o controlo ou até mesmo ficar encravado.

Por falar em ficar preso, uma das coisas que não gostei no jogo foi a impossibilidade de começar uma corrida de novo, sem ter que voltar ao menu. “Das duas uma”, ou voltam ao menu principal e escolhem a pista e começam de novo, ou carregam no botão Y e esperam 3 segundos para o carro ser alvo de reset. O desbloquear de novas pistas está ligado diretamente a diversos tipos de objetivos específicos de cada circuito. É exigido que tenhamos que vencer a corrida, fazer um determinado tempo numa volta, ou até mesmo ficar nos três primeiros lugares.

frenzy3

É possível personalizar as corridas de diversas formas. Podemos escolher desde o número de voltas até um máximo de 10, podemos criar campeonatos com as pistas que quisermos ou até todas, entre outras possibilidades. Os visuais do jogo são simples mas eficazes, com diversos tipos de decorações conforme a zona em que estivermos a jogar. É tudo com um aspeto muito “cartonesco” e bonitinho. Em termos de banda sonora, achei bastante aceitável no início, mas rapidamente começou a ser um pouco repetitiva.

frenzy2

Wheelspin Frenzy é sem dúvida frenético, principalmente no início de cada corrida onde os todos os carros criam o caos ao irem uns contra os outros nas primeiras curvas. A condução é pura arcada no seu melhor e se procuram um novo jogo para jogar com amigos lá em casa, esta é uma opção bastante válida para umas horas bem passadas.

Em suma, é um jogo divertido para jogar acompanhado, mas infelizmente tem alguns pontos menos bons, o que acabou por me deixar um pouco desiludido. Se jogarem sozinhos, não é de todo um jogo com uma grande longevidade. Depois de desbloquearem todas as pistas e carros, resta somente continuar a correr para obterem melhores tempos nas voltas para ficarem gravados nas leaderboards. Agora, por outro lado, este é um jogo capaz de satisfazer por várias horas quando jogado com amigos. É um muito bem vindo jogo de sofá, os quais parecem cada vez mais extintos nos dias que correm.

bom

Data de Lançamento: 6 de Julho de 2018
Produtora: Mental Moose Games
Editora: Mental Moose Games
Género: Corridas
Disponível para: PC e Xbox One

Análise feita na Xbox One S

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para análise por parte da Produtora/Editora.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s