Análises

Análise de Spintires: Mudrunner American Wilds

 

mudrunner

Spintires: Mudrunner é a sequela do jogo que saiu em 2014, pelo nome de Spintires apenas, tendo sido bem recebido, abrangendo um público muito específico. Eis que, após três anos, e alguns problemas com editoras, surge a sequela. Para os mais distraídos, estamos perante um título de simulação de condução de veículos, nas mais diversas e adversas condições, principalmente no que toca ao terreno. Se forem fãs das altas velocidades, então podem parar já por aqui pois este é outro campeonato.

Preparem-se para andar devagar, muito devagar. Tudo é lento e a pressa pode sair-vos cara. O objetivo geral do jogo é basicamente transportar e entregar vários tipos de mercadorias de um ponto ao outro e ultrapassar um imenso número de difíceis obstáculos. O maior deles talvez possa ser, para além da condução super realista, a lama. Sim, a lama. Provavelmente a melhor lama que já vi num jogo. Pensam que a lama é apenas um elemento estético na estrada? Assim que conduzirem a viatura pela primeira vez sobre este tipo de terreno, irão ver de imediato que é tudo menos algo visualmente inofensivo. Dependendo de vários fatores, podem ficar facilmente atascados na lama. Para se conseguirem desenrascar posteriormente, existem várias hipóteses. Ou usam outro veículo no mapa (que já esteja disponível) e vão lá puxá-lo, ou podem usar um gancho e unir a uma árvore para vos fazer puxar. Na verdade, arrisco a dizer que a segunda, será provavelmente uma das ações que mais irão efetuar no jogo. Todavia, para isso, é preciso que haja árvores na zona, pois se forem inexistentes, podem começar a procurar outra solução.

mudrunner1

Os mapas são um género de mini mundo aberto e, apesar de não serem enormes, têm variadas hipóteses de percursos para escolherem. Podem até decidir conduzir em pleno mato, sem seguir propriamente uma estrada, até porque se essa não for de alcatrão, será certamente um percurso maioritariamente enlameado. No que toca às físicas, estas estão bastante boas e os veículos reagem de forma exemplar à condução no terreno em causa,às pedras que se encontram dispersas pela via e igualmente aos troncos de árvores no chão. Todos estes entraves podem dificultar a nossa movimentação, caso a viatura se encontre com uma velocidade reduzida. A solução, tal como já tinha referido, passa essencialmente por usarmos o gancho para nos puxarmos, se for o caso.

mudrunner2

O jogo contém um mapa onde podemos ver os nossos objetivos e também quais os pontos de interesse. Existem certos locais no mesmo que estão ocultos, mas ao passarmos numa determinada zona, esses mesmos locais acabam por ser desvendados, revelando muitas vezes informação bastante importante na missão. Podemos estar a falar de uma bomba de gasolina para abastecer, um local para colocarmos carga, entre outras situações. Falando em combustível, este também é um fator a ter em conta, uma vez que dispomos de uma determinada quantia no depósito, e esta vai-se gastando com o tempo. Se virem que poderá não ser suficiente para chegarem a um determinado local, o melhor é procurarem um posto para abastecerem. É possível ver a informação no ecrã sobre quantos litros estamos a gastar e, se repararem bem, quando estão atascados na lama ou noutra situação de semelhante aperto, irão reparar que a média do consumo se encontra bem elevada.

mudrunner3

Os efeitos da lama na viatura estão qualquer coisa de fenomenal. Mas quem diz nas rodas da viatura, diz também em pleno solo. O efeito da lama a saltar das rodas enquanto conduzimos é um pormenor deliciante que nunca me fartei de observar com gosto, mesmo apesar de muitas vezes estar efetivamente a “patinar em seco”(leia-se, atolado). Mas se facilmente as viaturas ficam repletas de lama, rapidamente os pneus ficam como novos ao passarmos por rios. O efeito da água conturbada pela força dos pneus a rasgá-la, também está muito bom. Os diversos mapas presentes no jogo estão bem pormenorizados, mas são essencialmente focados em florestas, com pequenas zonas com algumas distinções. Digamos que, no geral, os visuais estão claramente melhores que o título anterior, tanto a nível de mapas como de viaturas. Todavia, gostaria de ter visto uma maior variedade, quer em termos de cores, quer em termos de cenários, mas isso pode esperar para o já anunciado, Mudrunners 2. Existe um ciclo dia/noite, o qual acaba por dar outro realismo aos desafios. Confesso que à noite, o desafio torna-se bem mais sério, na medida em que a visão fica bastante reduzida, obrigando-nos claramente a ligar as luzes. Se a estas condições juntarmos o nevoeiro, então estaremos perante desafios que podem demorar largos minutos e bem mais exigentes que durante o dia.

mudrunner4

Cada vez que iniciarmos um nível, temos à escolha várias opções de equipamentos para carros. Desde mais combustível, pneus, um reboque maior ou menor, entre outras coisas, sendo várias as hipóteses de personalização antes do início da viagem. Porém, é óbvio que alguns destes equipamentos só podem ser aplicados em certos tipos de viaturas.

No que toca à vertente sonora do jogo, o roncar das viaturas está indiscutivelmente bom, especialmente o ruído do motor em esforço, aquando das mais adversas situações. Seja em pleno terreno baldio, ou em puro alcatrão, tudo está eficazmente recriado. O som da natureza também está bom, e à noite consegue-se ouvir os mochos em determinadas zonas, proporcionando uma sensação de pura aventura no meio do nada.

mudrunner5

Este é um título com várias dezenas de horas de conteúdo, seja pela campanha principal, seja pelos desafios especiais e variados, onde a sua dificuldade também superior ao da campanha. É possível jogar online em modo cooperativo com outros três jogadores, mas infelizmente, das vezes que tentei, nunca consegui encontrar uma sala com jogadores para testar. Algo que me deixou desconfortável inicialmente foi a câmara de jogo. Apesar de não ser má, tem momentos em que a profundidade da viatura nos pode tapar um pouco a visão da estrada, podendo muitas vezes resultar num resvalar pela ribanceira ou embater uma árvore. Existem várias opções de câmara, mas estou a falar da principal. Tirando a da visão do interior, a qual também não é de todo perfeita, todas as outras considerei mais cinematográficas do que propriamente eficazes para conduzir.

Esta versão do jogo que saiu agora em Outubro, inclui o DLC American Wilds e todos os outros mais pequenos que foram saindo ao longo do ano. Com o American Wilds, o número de viaturas presentes no jogo supera as três dezenas e o número de mapas e desafios também aumentaram. Com este DLC, vemos adicionadas viaturas de marcas como Ford, Chevrolet, Hummer e novos locais para explorar.

Apesar de ser um bom jogo com diverso tipo de conteúdo, é obviamente um título que não é para todos, seja em termos de pura simulação, como na longa duração das missões. Isto pode ser claramente algo menos positivo para muita gente. Inicialmente, tive alguma dificuldade em interpretar, no menu da missão, quais os objetivos e o que poderia ser realizado. Não achei de todo intuitivo e a informação presente estava apresentada de forma praticamente idêntica visualmente, o que dificultava distinguir aquilo que realmente era mais importante.

mudrunner6

Em jeito de conclusão, este é um jogo que executa de forma bastante satisfatória tudo aquilo a que se compromete em termos de jogabilidade e conceito. Fá-lo de forma exemplar? Nem por isso e, consequentemente, existem diversos aspetos que devem ser melhorados no próximo jogo. Se forem fãs de jogos de carros com uma jogabilidade de pura simulação e com um conceito diferente do habitual, então aconselho a darem uma hipótese a este título.

bom

positivo Muito boas físicas
positivo Efeito da lama bem executado
positivo Muitas viaturas disponíveis
positivo Várias horas de conteúdo
errado Os visuais podiam ser mais variados
errado Câmara de jogo podia ser melhor
errado Menus das missões algo confusos

Data de Lançamento: 23 de Outubro de 2018
Produtora: Saber Interactive
Editora: Focus Home Interactive
Género: Simulação
Disponível para: Microsoft Windows, Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One

Análise feita no PC.

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para análise por parte da Ecoplay.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s