Artigos

Os Indies que joguei na Lisboa Games Week

indiex2018

O evento teve lugar no fim de semana passado e tive o prazer de jogar alguns indies presentes na zona Indie X. Quero salientar que, todos os jogos presentes na lista que se segue, estão a ser produzidos por estúdios portugueses.

A nível geral, acho que estamos muito bem encaminhados na indústria portuguesa de videojogos, sendo que, durante os próximos anos, avizinha-se muito boas coisas. A qualidade está lá, falta agora o tempo para aprimorá-las.

Vamos então passar ao que interessa. 🙂

Outsider de Once a Bird

Um jogo de puzzles bastante curioso e com uma temática interessante. Basicamente, após a destruição/extinção da Humanidade, temos de reconstruir um andróide através de diversos tipos de puzzles, onde cada um deles corresponde a várias partes do corpo. Gostei bastante da mecânica dos puzzles e, apesar de não terem sido muito difíceis, foi-me comunicado que, obviamente, existem alguns mais desafiadores que não estavam na demo. Um jogo a manter debaixo de olho certamente.

Under the Rain de DarkArts

Se são fãs de Resident Evil ou Silent Hill, então aconselho vivamente a experimentarem este título e até existe uma demo disponível para fazerem download. Para além destes dois nomes, o jogo também tem como influências David Lynch e H.P. Lovecraft. Algo que gostei bastante, foi a possibilidade de duas câmaras de jogo, sendo uma delas a famosa câmara de jogo como os primeiros Resident Evil ou Onimusha. Quem é que se pode esquecer daquela visão bastante propícia para apanhar uns valentes sustos?? Na verdade, fui trocando entre elas e ambas funcionavam bastante bem. Todo o ambiente está muito bem recriado e tem tudo para dar certo quando chegar a altura, apesar de algumas mecânicas necessitarem de melhorias.

Retro Defender de Planetfall Studios

Este é um jogo mobile para Android que consiste em tower defense. Bastante simples de se jogar e com uns visuais muito ao estilo retro (ou não fosse retro estar presente no nome). As nossas estruturas podem ser alvo de vários upgrades e a velocidade de jogo também pode ser aumentada, caso queiram um maior desafio. No geral, gostei dos poucos minutos que passei com ele.

retrodefender

 

KEO de RedCatPig Studio

KEO é um jogo multiplayer de carros com uma temática muito focada na ficção-científica, onde podemos caracterizar as viaturas em termos de armamento e visuais. É possível jogar em split-screen mas, é claramente um modo que, neste momento, sofre de alguns problemas de frame-rate, principalmente quando os veículos estão próximos uns dos outros. Foi-me dito que esse é um problema que estão a tentar resolver. Joguei duas partidas e a experiência foi positiva. Acima de tudo, é um jogo que promete um multiplayer muito divertido e frenético.

Deep Journey  de Mad Shark

Este foi um jogo que gostei bastante e algumas das suas influências são bem visíveis. Deep Journey é um título de plataformas e puzzles, baseado num mundo composto por coleções únicas de pinturas, as quais retratam a evolução da arte Ocidental. O personagem é um artista desinspirado, vivendo no seu próprio mundo de escuridão. Porém, à medida que formos resolvendo os puzzles, os cenários vão ficando mais coloridos e essa é uma das indicações que estamos a ir no caminho certo. Pareceu-me estar num excelente caminho para ser um jogo bem sucedido.

Fayo da Team Fayo (Game Nest)

Fayo é um jogo de plataformas com foco na narrativa, onde o objetivo é encontrar o pai do personagem. O jogo destaca-se facilmente pelos seus cenários e cores. Apesar de uma jogabilidade ainda com bastante espaço para melhorias, gostei dos minutos que tive com o jogo e vou ficar atento às próximas novidades.

Capture de OX (Game Nest)

Estamos perante um jogo de puzzles, onde os mesmos têm de ser resolvidos ao tirar fotografias. No entanto, têm que ter em consideração a vossa posição no terreno, a posição da luz solar e consequentes reflexos de sombra. A demo não foi muito longa e tinha como local, uma zona florestal. Os puzzles podem ser desafiantes se não estivermos focados mas, uma vez que se compreenda a mecânica, os desafios seguintes ficam mais acessíveis.

Exophobia de José “Zarc” Castanheira

Já conhecia o jogo mas ainda não tinha jogado. Um first person shooter metroidvania com um visual retro e com umas cores bastante apelativas. Jogabilidade rápida e divertida eram as minhas expectativas e foi precisamente isso que me ofereceu durante os minutos que tive oportunidade de jogar. Foi-me informado que é jogo para ter cerca de três horas de duração, o que para mim, é bastante bom pois, às vezes, sabe bem jogar algo mais curto, sem serem necessárias dezenas de horas para acabar.

Out of Line da Nerd Monkeys

Out of Line foi outra boa surpresa que tive o prazer de jogar. A lança do personagem é o elemento fulcral para tudo no jogo, quer seja superar plataformas ou resolver puzzles. Gostei dos visuais, tanto a nível de primeiro plano, como também de fundo. Já com alguns prémios no bolso, e outras tantas nomeações, este é certamente um título que convém terem debaixo de olho quando chegar a hora do lançamento.

E vocês? Estiveram no evento? Se sim, jogaram alguns destes jogos? Deixem os vossos comentários para falarmos um pouco sobre o que de melhor se está a fazer em Portugal a nível de videojogos.

Anúncios

6 comentários

  1. Obrigado pela ajuda na divulgação, não só do meu projecto, mas também da cena indie no geral.
    Portugal tem muita coisa boa a ser feita e precisa de ser dada a conhecer.
    Se é que me é permitido, deixo aqui o link para a demo do Under The Rain no GameJolt, com actualização feita após a Lisboa Games Week com a correção de alguns bugs que a malta ajudou a encontrar durante o evento.

    https://gamejolt.com/games/Under_The_Rain/372669

    Liked by 1 person

    1. De nada! Foi um prazer jogar o seu jogo e todos os outros que mencionei. Sei que é bastante importante ajudar a divulgar a cena indie em Portugal e, estarei disponível para tal, sempre que alguém precisar. Para isso, basta entrarem em contacto comigo através do menu especifico do site para tal.

      Quanto ao link, não há problema. 😉

      Liked by 1 person

  2. Muito obrigado por teres experimentado e divulgado o nosso jogo (KEO da Redcatpig)!

    Não consegui acompanhar o meu colega na LGW mas é sempre uma sensação excelente ver fotos e videos (e opiniões escritas!) de pessoal a jogar o que tivemos tanto trabalho a criar.

    E peço desculpa pelo framerate! Esperemos que da próxima vez que experimentares, vejas as melhorias que estamos a tentar fazer!

    Liked by 1 person

    1. Sem problema! Obrigado por deixar um comentário. Boa sorte com as melhorias e ajustes, acredito que o jogo tem potencial para ter sucesso.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s