Análises

Summer Catchers – Análise

summercatchers

Summer Catchers transporta-nos para uma autêntica road trip (viagem de estrada não me soa nada bem…) em busca do Verão. Estamos na pele de uma rapariga que vive no Norte, mas que um dia decide pegar no seu pequeno carro de madeira e meter-se à estrada. O objetivo? Ver algo de novo para além de montanhas cobertas de neve e sempre com umas paisagens de tons acinzentados. A rapariga deseja ver pela primeira vez algo mais que isso, tal como tudo aquilo que o Norte não pode oferecer. (Teoricamente…)

Sinceramente, não sei qual a sensação desta rapariga que vive no Norte e procura sentir o calor do Verão ou apanhar um sol numa praia e banhar-se na água salgada. Digo isto porque vivo a cinco minutos da praia, mas talvez consiga perceber o sentimento se tentar focar-me nas montanhas e em algo que vi poucas vezes como a simples e inocente neve. (Sim, acho que deve ser por aí…)

summercatchers1

A viagem leva-nos a atravessar diversas zonas, cada um delas sempre mais “quente” que a anterior. Isso transmite a sensação de progresso e que o Sul se aproxima rapidamente. Em termos de jogabilidade, estamos perante algo bastante simples. Cada zona tem diversos objetivos e só prosseguimos para a seguinte assim que completarmos cada um deles. A diversidade dos objetivos não é assim muita, pois consistem maioritariamente em apanhar algo. Porém, existem muitos obstáculos no caminho e ao fim de encalharmos três vezes nas “armadilhas”, perdemos e voltamos ao início do percurso. Se por acaso tiverem apanhado alguns dos itens obrigatórios, esses acumulam para o objetivo final.

summercatchers3

Para evitar as armadilhas, existem diversos tipos de ferramentas (power-ups) que podemos usar e que vamos desbloqueando com o progresso no jogo. Estou a falar de ferramentas que permitem saltar, voar, colocar uma proteção na viatura ou até um foguete para nos fazer andar mais rápido, entre outros. Dependendo do tipo de obstáculo que aparece pelo caminho, terão de usar a ferramenta indicada para o evitar, a qual terão de escolher no preciso momento. Ao início pode não ser muito fácil, mas depois acabamos por entrar no ritmo da escolha sobre pressão.

Estas ferramentas são consumíveis e uma vez gastas, necessitam adquirir mais. A “moeda” de troca são uns cogumelos que vamos apanhando em todos os níveis. São facilmente acumuláveis, por isso podem investir à vontade posteriormente. Esses mesmos cogumelos também servem para comprar roupas ou ainda novas pinturas para a viatura. O pixel art foi o formato visual escolhido para Summer Catchers e acho que encaixa bastante bem. Os cenários são engraçados e com diversos detalhes interessantes. A música é bastante boa e os momentos dos bosses (chefes) também são acompanhados de boas melodias. Para quem gostar da banda sonora, fiquem a saber que se encontra disponível para ouvir em várias plataformas digitais.

summercatchers2

Apesar de muitas coisas boas, infelizmente acabei por achar a jogabilidade um pouco repetitiva com o tempo. Tal como disse, zona após zona, temos de cumprir os objetivos e como as runs são aleatórias, algumas vezes pode ser fácil apanhar os itens e outras bem difíceis. É tudo muito aleatório e isso pode tornar a experiência bastante repetitiva se as coisas não correrem bem durante várias runs consecutivas. Obviamente que isto irá variar de jogador para jogador, mas foi uma sensação que começou a ser constante a partir de determinado momento. O jogo permite co-op local e apesar de não ter conseguido testar essa vertente, parece-me muito bem vinda a opção.

Em busca do Verão

Summer Catchers transmitiu-me uma sensação de paz e relaxamento enquanto joguei. As suas excelentes tonalidades ajudaram a melhorar a experiência e banda sonora apanhou-me de surpresa, encaixando de forma perfeita. Apesar de uma jogabilidade algo repetitiva com o tempo, tudo o resto acabou por compensar positivamente todas as horas que passei a viajar pelas diversas paisagens sempre diferentes e cativantes visualmente.

positivo Banda Sonora
positivo Visuais de cada zona
positivo Possibilidade de co-op
errado Jogabilidade um pouco repetitiva com o tempo

Data de Lançamento:  16 de Julho de 2019
Produtora: FaceIT
Editora: Noodlecake Studios
Género: Ação, Aventura, Corridas
Disponível para: Windows PC

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para análise por parte da Editora/Distribuidora Nacional.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s