Entrevistas

Entrevista ao estúdio português Foresight Games

phaven

Confesso que desconhecia o estúdio português Foresight Games, mas após dar de caras com o trailer do seu primeiro jogo – Project Haven – fiquei apaixonado pelo seu projeto. Decidi então entrar em contacto para ficar a conhecer um pouco mais o seu trabalho e, ao mesmo tempo, espalhar a palavra sobre mais um produto nacional no mundo dos videojogos.

Quero agradecer à Joana e ao Sérgio pelo tempo que disponibilizaram para responder a estas perguntas.

– A Foresight Games parece-me ser uma empresa relativamente recente. Quando é que decidiram dar este enorme passo? Foi este sempre um objetivo ou surgiu como consequência de eventos?

Sempre esteve nos nossos planos criar a nossa própria empresa de jogos. A Foresight Games surgiu em 2015, quando vimos que a ideia do Project Haven tinha potencial para avançar.

– Para quem não conhece, podem falar um pouco sobre o que é o jogo em si?

Project Haven é um RPG táctico por turnos que está a ser desenvolvido para PC e será lançado via Steam. O jogo desenrola-se num futuro não muito distante, onde os jogadores controlam uma equipa de mercenários que vão fazendo o que é preciso para sobreviver na cidade distópica de Haven. Através dos sistemas de mira livre e de navegação não restritiva, Project Haven oferece uma maneira estimulante de jogar uma história sombria, especialmente dirigida a um público mais maduro.

– Como surgiu a ideia para Project Haven e quais as vossas inspirações?

Sérgio: Começou com uma experimentação da Unreal Engine que tinha saído naquela semana. Na altura, lembro-me de lamentar não haver um jogo do tipo do Jagged Alliance 2 que desse para jogar em modo cooperativo. Então decidimos começar por desenvolver algo do género. Depois de implementar algumas mecânicas, entre as quais o sistema de mira livre, e ao ver um novo universo a surgir neste nosso projecto, decidimos que esta experiência afinal tinha potencial para se tornar num jogo completo.

– Pelo que pude apurar, Project Haven recebeu “luz verde” na Steam em 2015. Há quanto tempo estão a trabalhar no projeto?

Fizemos um protótipo para o Greenlight em 2015 e estamos a trabalhar no Project Haven desde então. No entanto, nem sempre em full-time.

– Segundo li, a narrativa do jogo conta com a ajuda de Edwin McRae, responsável pelo mesmo aspeto em Path of Exile. Como surgiu esta colaboração?

Joana: A história do jogo é uma parte muito importante para nós, por isso, desde cedo sabíamos que queríamos ter um escritor experiente. Já tínhamos desenvolvido uma ideia específica relativamente à história que queríamos contar e do universo que queríamos criar. Após uma pesquisa online, contactámos uma pequena selecção de escritores que achámos serem os mais indicados para o que tínhamos em mente. Com o Edwin, houve uma compatibilidade logo desde início e achámos que ele seria a melhor escolha para o nosso projecto.

ph1

– Em que aspetos Project Haven é diferente de outros jogos turn based?

O nosso jogo combina uma complexidade táctica com uma forte componente narrativa, não vista nos jogos do género dos dias de hoje. Podem seguir os nossos devlogs onde revelamos mais informação explicada ao detalhe.

– No que toca a mecânicas de jogo, se algum personagem morrer durante uma missão, é esta uma morte permanente?

No Project Haven existe um número finito de personagens à escolha do jogador. Para criarmos uma história interessante com uma experiência imersiva, era importante que cada personagem tivesse um background e personalidade únicos. Uma vez que as personagens são um número limitado, tornam-se um recurso precioso, no entanto para os jogadores que gostam de levar a dificuldade mais ao extremo existe essa opção.

– Achei curioso o facto de ser possível fazer mira ao disparar, ao invés do processo automático em jogos do género. O que vos levou a implementar esta mecânica?

Queríamos oferecer uma forma imersiva de controlar a mira e ao mesmo tempo evitar a sensação de injustiça quando falhamos aqueles tiros com 99% de probabilidade de acertar e que têm dado muito que falar no mundos dos memes relacionados com outros jogos do mesmo género.

– Para já, o jogo só está confirmado para PC. Existem planos futuros para outras plataformas ou não é algo que esteja em cima da mesa de momento?

Neste momento não temos planos para lançar noutras plataformas.

ph2

– Existe aquele mito de “ah vocês jogam o dia todo!”, mas sabemos que isto não é verdade. Quando chegam a casa, gostam de jogar alguma coisa ou tentam manter-se afastados do “vosso trabalho” o mais possível fora do escritório?

O nosso estúdio é na nossa casa. Mas sim, nos poucos tempos livres que sobram ou quando há necessidade de espairecer e desanuviar, jogar é uma das nossas formas preferidas de entretenimento. Somos gamers afinal. 🙂

– Andam a jogar algum jogo de momento?

Joana: Acabei o Uncharted 4 há pouco tempo. Tenho o Dishonored a meio e gostava de o terminar. Mas neste momento aguardo o lançamento do Red Dead Redemption 2 para PC.

Sérgio: Nos meus tempos livres tenho jogado Rainbow Six Siege e Apex Legends. Mas quando sai um jogo cooperativo, que achamos interessante, arranjamos sempre um tempo para jogar com os nossos amigos. O último que jogámos foi o Overcooked 2.

– Quais são alguns dos vossos jogos favoritos ou momentos que vos deixaram marcados?

Joana: Os jogos que mais me marcaram foram jogos com uma forte componente narrativa, tais como, mas não exclusivos a, Neverwinter Nights, Witcher, Dragon Age e Mass Effect.

Sérgio: Apesar de actualmente gostar de jogar jogos mais competitivos, os jogos que me marcaram mais foram aqueles que tinham maior complexidade táctica como o Jagged Alliance 2 e X-COM originais (até ao Apocalypse).

– Nos vossos planos, existe alguma data prevista para o jogo ser lançado ou ainda é cedo para esse tipo de previsões?

A data de lançamento ainda está por anunciar.

– Antes de terminarmos, onde é que as pessoas vos podem encontrar nas redes sociais? Se quiserem, também podem partilhar a nível pessoal. Muito obrigado pelo vosso tempo e votos para que o jogo seja um sucesso!

Obrigado nós. 🙂

Para quem quiser estar a par das nossas notícias e do desenvolvimento do jogo podem seguir-nos em:

Steam: https://store.steampowered.com/app/443190/Project_Haven/

Youtube: http://youtube.com/foresightgames

Twitter: http://twitter.com/foresightgames

Facebook: http://facebook.com/foresightgames

Instagram: http://instagram.com/foresight_games

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s