Artigos

Diário de Jogo – Semana 50/2019

shenmue3_002

E passados dezoito anos, finalmente pude viver Shenmue 3 e terminá-lo. Fiquei um pouco desapontado em termos de progresso da narrativa, embora soubesse de antemão que a série está preparada para vários jogos. Ainda assim, esperava mais. A nível geral, gostei bastante da experiência, mas algumas das suas mecânicas são demasiado demoradas para o tempo livre de hoje em dia. Afinal de contas, jogar isto com cerca de 18 anos era algo bem diferente. Anyway, aconselho a todos os os fãs da série. Se quiserem saber um pouco mais sobre a minha opinião do jogo, podem ler a análise nesta página.

Diablo III teve uma pequena hipótese esta semana, mas acabou por ser algo mais curto do que esperava. O enorme investimento de tempo em Shenmue 3, levou-me a abdicar de qualquer outro jogo e Diablo foi a principal vítima. Para quem tem acompanhado estes diários, deve saber que estou a tentar obter a platina no jogo e, do jogo principal, só falta mesmo o troféu dos 500 bounties.

Após terminar Shenmue 3, senti-me livre de um peso que carregava há quase duas décadas. Decidi então começar algo novo e dediquei-me a jogar o episódio 4 de Life is Strange 2. Aproveitei e também fiz o guia dos colecionáveis desse episódio, o qual podem encontrar nesta página, caso tenham interesse. Estou a gostar bastante desta segunda temporada, embora o enorme espaço entre os episódios tenha acabado por fazer perder o pouco do entusiasmo. Sei que o último episódio já saiu, mas como estou a jogar através do Xbox Game Pass, tenho de esperar mais algumas semanas até que o episódio cinco fique disponível.

 

 

Finalmente decidi comprar Katana Zero e começar a jogar ainda este ano. Ouvi falar muito bem mas, para além de muita ação, alta dificuldade e boa banda sonora, pouco mais sabia sobre o jogo. Quer dizer, na verdade, já sabia estas três coisas. 🙂  Estou a gostar imenso, mas existem partes muito complicadas. É o tipo de jogo de tentativa-erro, onde temos que recomeçar as zonas imensas vezes. Pode ser frustrante em alguns momentos mas, quando conseguimos, a sensação de missão cumprida é enorme.

 

ftw.png

 

Para além de Katana Zero, também comecei a jogar uma versão alpha de For The Warp, a qual tenho estado a gostar. Para quem não sabe, é um jogo indie português. De uma forma muito simples, FTW é um roguelike de cartas. O nosso objetivo, segundo me parece, é tentar sobreviver ao atravessar diversas galáxias. À medida que vamos avançando e derrotando inimigos, vamos obtendo novas cartas. A movimentação é feita em formato de grelha e o combustível é bastante importante. É um jogo simples de se jogar e que pode facilmente oferecer muitas horas de jogo quando estiver mais completo. Podem comprar a versão atual do jogo no itch.io, a qual vos dará acesso a uma chave na Steam, quando o jogo ficar disponível por lá no início do próximo ano. Em breve, irei escrever um pouco mais sobre o jogo num novo artigo, por isso, se ficaram curiosos, fiquem também atentos. 😛

E assim se passou mais uma semana. Nos próximos dias, terei acesso a uma nova consola e isso trará certamente novos conteúdos ao site. Quem me segue no Twitter, já sabe o que é. Quem não segue, é esperar uns dias até ao próximo diário ou, quem sabe, pode ser que apareça algo antes aqui no site.

Já agora, estejam à vontade para partilhar o que têm andado a jogar. Bons jogos!

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s