Antevisões

For The Warp – Antevisão

ftwintro

For The Warp é um jogo indie português e está a ser produzido pela Massive Galaxy Studios. Por agora, só está disponível no Itch.io mas já podem colocar na vossa lista de desejos no Steam. O seu lançamento está previsto para 2020 e este texto foi escrito com base numa versão alpha do jogo.

O que é For The Warp?

De uma forma muito simples, estamos perante um roguelike com elementos de deck-building situado no espaço. O objetivo é tentar sobreviver ao maior número de confrontos possíveis, enquanto tentamos atravessar diversas galáxias. Será que existe um fim? É capaz, mas nunca consegui lá chegar. O máximo que consegui foi chegar à segunda galáxia e aí não durei muito tempo, pois os adversários eram bem mais fortes.

 

ftpmapa.jpg

O oculto esconde muitos perigos.

 

Mas afinal, como é a jogabilidade?

A deslocação na galáxia é feita num mapa em forma de “grelha” (gerado aleatoriamente), onde podemos apanhar diversos tipos de situações pelo caminho. Inimigos, postos de abastecimento/ comércio,  e meteoritos (leia-se obstáculos). Por vezes, existem ainda locais que não sabemos o que são, mas que estão assinalados no mapa. Podem arriscar a deslocação e rezar para que seja algo positivo (com recompensas) e não seja apenas inimigos para vos infernizar a vida.

No que toca ao combate, e como já tinha referido, é tudo feito em torno de cartas. Existem diversos tipos, sejam ofensivas, defensivas ou passivas, bem como classificadas de “comuns”, “raras”, etc. Têm três jogadas disponíveis, as quais correspondem a três barras de energia. No entanto, se uma carta consumir duas barras de energia, logicamente que só poderão fazer mais uma jogada, podendo utilizar apenas uma carta que só use uma barra. Por agora, não consegui perceber se havia forma de aumentar a energia da nossa nave, mas gostava que isso fosse possível no futuro.

 

ftpcartas.jpg

Cartas para todos os gostos!

 

ftpbatalhas.jpg

Pixelart de alta qualidade!

 

Sempre que vencemos um combate, podemos ganhar créditos e combustível. O primeiro serve para adquirir novas cartas e o segundo para podermos viajar no mapa. Caso o combustível acabe, é-vos oferecida a oportunidade de obter mais a troco de dinheiro. Também me aconteceu algo como terem vindo em meu socorro, mas afinal era um inimigo, o qual acabou por me vencer em combate…

Mas voltando à parte onde vencemos uma batalha, para além de créditos e combustível, também é-nos dada a hipótese de escolher uma carta para adicionar ao nosso baralho. Por norma, estas cartão são especiais e bastante úteis. Algumas delas são muito poderosas e que facilitam imenso o combate, principalmente, na primeira galáxia. De salientar que algumas delas, até nem consome energia para serem usadas, o que é excelente.

 

ss01.gif

 

Pixelart de alta qualidade

No que toca ao visual, gosto bastante do trabalho que está a ser feito e da palete de cores aplicada. Os detalhes das naves estão muito bons e, ao que parece, ainda vão sofrer mais alterações com a implementação de alguns novos efeitos visuais.

Algo que não gostei muito foi a fonte aplicada nos textos. Achei um pouco difícil de ler, principalmente numa fase em que ainda me estava a habituar ao jogo. Entendo que é uma fonte que encaixa perfeitamente na temática, mas talvez alterando alguma coisa de fundo posso facilitar a sua leitura.

Gostei bastante da banda sonora, embora se torne repetitiva passado uma ou duas horas de jogo. Seria positivo se pudessem ser adicionadas novas músicas numa fase mais avançada de desenvolvimento do título, o que suponho que possa acontecer facilmente. O género musical presente consiste essencialmente em synthwave, que é um tipo de música que tenho vindo a apreciar cada vez mais nos últimos anos.

 

 

Em termos de longevidade, tenho algumas dúvidas. Receio que posso ser algo repetitivo com o tempo, apesar de saber que o jogo ainda está numa fase onde vão existir muitas alterações. Será que o novo conteúdo adicionado com o tempo será suficiente para me continuar a fazer voltar? Quero acreditar que sim, pois gostei bastante do tempo que passei com este indie português.

For The Warp tem sido uma experiência bastante positiva. Os primeiros confrontos são bastante acessíveis e o curto tutorial também ajuda a entender facilmente algumas mecânicas. Adorei o pixelart, bem como a banda sonora, e acredito que estejam reunidas as condições minímas para que o jogo tenha sucesso.

 

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para antevisão por parte da Massive Galaxy Studios.

 

 

 

1 reply »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.