Dragon Ball Z: Kakarot – Tudo o que precisam saber

dbzkakarot.jpg

 

Longe vão os tempos onde se faltava às aulas para ver o mais recente episódio de Dragon Ball. Inclusive, tenho um amigo que uma vez levou uma mini televisão para a sala de aula para vermos às escondidas. Digamos que correu mais ou menos… Mas isso agora não interessa nada.

Estamos prestes a receber mais um novo jogo da mítica franquia e estou bastante entusiasmado para o que vem aí. Por essa razão, decidi criar este artigo e partilhar algumas coisas que sabemos sobre este Dragon Ball Z: Kakarot.

 

 

Toda a história de Dragon Ball Z

A clássica história de Dragon Ball Z irá estar presente em toda a sua integridade. Segundo o site oficial do jogo, irão inclusive ser revelados novos momentos da história, os quais nunca foram contados e respondem a algumas questões sobre a série. Esperem as épicas batalhas contra Frieza, Cell e Majin Boo, entre muitos outros clássicos momentos.

 

Não é mundo aberto

Ao contrário do que se poderia pensar inicialmente, o jogo não será um grande mundo aberto. Estará dividido por zonas específicas como a ilha do Master Rashi (Mestre Kame), a cidade, local do torneio de Artes Marciais, entre muitos outros. Para fazer a deslocação entre zonas, basta elevarem-se no céu até ao momento em que o mapa irá aparecer. Seja como for, o estúdio disse que as áreas eram bem grandes e que não irão sentir que é uma zona fechada.

 

kakarotopenworld.jpg

 

Novo Personagem – Bonyu

Foi confirmada a presença de um novo personagem na história. O seu nome é Bonyu e foi desenhado por Akira Toriyama. Existe uma missão relacionada com este personagem mas que, para já, penso estar apenas disponível para quem fizer pre-reserva. Certamente que a dado momento, ficará acessível a todos perante um determinado custo.

 

kakarotreserva.jpg

 

Personagens jogáveis e de apoio

Como não poderia deixar de ser, apesar do nome do jogo mencionar Kakarot (nome oficial de Son Goku), existem mais personagens com os quais poderemos jogar. Para já, estão confirmados Vegeta, Son Gohan, Piccolo e Trunks do futuro. Existem também personagens de apoio em combate, os quais poderão ser invocados em alturas especificas. Alguns deles são Krillin, Yamcha,  Tien e Chiaotzu. Esperemos que ambas as listas possam aumentar consideravelmente.

 

O estúdio responsável pelo desenvolvimento

CyberConnect2 é o nome que está responsável pelo desenvolvimento de Dragon Ball Z: Kakarot. O estúdio Japonês é desenvolveu jogos como Asura’s Wrath ou a grande quantidade enorme de títulos da saga Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm, bem como Jojo’s Bizarre Adventure.

Tendo em conta os nomes anteriores, o estúdio já provou o suficiente que é capaz de criar bons mundos, mecânicas de combate e rpg. Posto isso, acredito que estão reunidas todas as condições para um grande jogo.

 

kakarothabilidades.jpg

 

7 Bolas de Cristal

 

Será possível apanhar as famosas bolas de cristal e ressuscitar inimigos previamente derrotados. Ao voltarem a derrotar esses inimigos, irão desbloquear novos diálogos com esses mesmos oponentes, bem como ganhar XP e Soul Emblems para melhorar as vossas habilidades. Se as bolas de cristal só servirem para isto, então é uma oportunidade desperdiçada. Seja como for, já é bom podermos partir em busca das mesmas, caso estejam espalhadas pelas diferentes zonas do mapa.

 

Tipo de jogo

Dragon Ball Z: Kakarot é um jogo de ação com elementos de rpg num semi mundo-aberto. Isto significa muito conteúdo secundário, incluindo mini jogos. Haverão vários NPC’s espalhados pelo mundo para obter missões secundárias e alguns deles serão bem conhecidos da série. Algumas destas missões secundárias são bem conhecidas do público, como aquele episódio onde o Son Goku e o Piccolo vão tirar a carta de condução ou ainda a fase onde Son Gohan veste o fato de justiceiro e vai deter ladrões na cidade. Impossível não recordar estes bons momentos da série.

 

kakarotconducao.jpg

 

Também existem diversos mini jogos como jogar beisebol, pescar ou comer. Sim, comer. Como todos se devem lembrar, aquela malta sempre foi muito comilona e então essa deve ser a razão pela qual este mini jogo é uma realidade. Aparentemente, haverão itens de comida que irão aumentar a nossa vida, bem como o nosso poder de ataque. Um desses itens pode ser obtido ao fazer pre-reserva do jogo. Isto pode sugerir que existe forma de criar estes itens, abrindo todo um novo leque de opções em termos de jogabilidade.

Como não poderia deixar de ser, o jogo terá uma árvore de habilidades. Para evoluir os personagens, para além do progresso na história principal, poderão treinar e completar missões secundárias. Ao vaguear pelo mundo, também poderão apanhar um género de “orbs” que também serão úteis para esse aspeto.

 

 

Espero que estas informações possam ter esclarecido algumas das vossas dúvidas.

Dragon Ball Z: Kakarot sai no próximo dia 17 de Janeiro de 2020 para Playstation 4, Xbox One e Microsoft Windows.

 

 

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.