All You Need is Kill – Análise Manga

aunikmanga

 

O manga de All You Need is Kill é a adaptação da light novel de Hiroshi Sakurazaka. Esta obra foi adaptada para manga e a escrita ficou a cargo de Ryōsuke Takeuchi, e o responsável pelo desenho foi nada mais nada menos que Takeshi Obata – o criador de Death Note e Bakuman.

A história gira em torno de Keiji Kiriya, um recruta chamado ao dever para combater o inimigo alienígena de nome Mimics. Keiji enfrenta agora um perigo mortal perante uma raça que tem como único objetivo, erradicar toda a vida humana. Como alguém que nunca combateu, as suas dúvidas e incertezas são bastantes. A sua primeira batalha não dura muito tempo e Keiji acaba por morrer. Sim, primeira batalha pois a partir deste momento, Keiji é apanhado num loop temporal e, cada vez que morre, volta sempre ao mesmo dia e exato momento.

Depois de se aperceber que realmente tudo estava a repetir-se, o objetivo de Keiji passa por tentar descobrir o porquê daquela situação e forma como quebrar o loop. Com o desenrolar dos acontecimentos, uma outra personagem importante irá aparecer na história. O seu nome é Rita Vrataski e é muita famosa no exército por ser alguém implacável em combate. O segredo de Rita é que encontra-se precisamente na mesma situação de Keiji e quanto mais lutam, mais fortes ficam devido à experiência ganha a cada novo loop. A partir do momento em que descobrem que estão ambos na mesma posição, juntam forças para tentar eliminar os Mimics de uma vez por todas.

Não vou desvendar mais nada da história, embora talvez já saibam o seu final. Quem já viu o filme Edge of Tomorrow, ou em português “No Limite do Amanhã”, sabe por alto o desenrolar final da história, apesar do filme ser um pouco diferente do manga. Relativamente à obra original, não consigo confirmar pois não a li.

 

aunik

 

No que toca ao desenho, existe um bom nível de detalhe, principalmente nos combates e nos fatos mecanizados que os personagens usam durante o mesmo. Achei o personagem principal, Keiji, um pouco semelhante ao L de Death Note, principalmente nas suas feições, olhar e cabelo. Isso acaba por não ser uma surpresa pois o artista responsável é, como já tinha mencionado, o criador de Death Note, Takeshi Obata. Destaque ainda para algumas imagens mais violentas, pois estamos a falar de uma história com algum foco em combate e isso acaba por ser algo naturalmente presente.

All You Need is Kill é uma obra com contornos de ficção-científica, cenário apocalíptico, terror e algum drama à mistura. A história de All I Need is Kill pode parecer aborrecida por estar quase sempre a repetir as mesmas etapas, mas estão enganados. Apesar dos contantes loops, existe sempre algo novo a acontecer na maioria dos mesmos e que nos faz querer continuar a ler. No geral, acabei por gostar da experiência e histórias curtas são sempre bem-vindas num mercado constantemente lotado de novo conteúdo para ser consumido.

Este manga está disponível em português de Portugal e a distribuição é feita através da editora Devir. No que toca à tradução em si, ou ao português utilizado, achei que foi feito um bom trabalho nestes campos. Ainda não tive oportunidade de ler outros mangas traduzidos pela editora, mas no que toca a All I Need is Kill, não há nada a apontar. Cada volume custa €9,99 e pode ser encontrado facilmente nos locais habituais.

 

 

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares. @bakum4tsu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.