Diário de Jogo – Semana 10/2020

cstvania

 

E finalmente acabei Luigi’s Mansion 3. Foram cerca de 13 a 14 horas que duraram três meses. Só jogava ao fim de semana na companhia do meu filho e essa é a razão pela qual levei tanto tempo. Apesar das boas mecânicas de jogo, nunca cheguei a sentir que me estava a divertir, mas pelo menos sei que o meu filho estava e isso já é bom.

Agora que terminei o Luigi, passei então à campanha do Mario & Sonic at the Olympic Games Tokyo 2020 (porra, não arranjavam um nome mais pequeno??). Este é outro bom jogo para jogar uns bocados na companhia do meu filho, principalmente porque ele gosta do Luigi e assim pode continuar a vê-lo. Sei que a campanha não é nada de especial, mas dá para me divertir um bocado.

 

 

Outro jogo com o qual perdi algumas horas foi o One Punch Man: A Hero Nobody Knows. Publiquei hoje a análise, a qual podem ler ao clicar aqui. Apesar do jogo ser mediano, em princípio irei voltar para obter o resto dos troféus…. 🙂

Para finalizar, joguei também um indie chamado Absolute Drift. Um jogo com claras inspirações no anime Initial D e foi o próprio developer que me forneceu uma chave. Em breve, irá lançar um novo jogo dentro do mesmo género e que se chama art of rally (sim, tudo com letras pequenas). Parece bastante promissor e a condução irá continuar a ser muito exigente.

No que toca a anime, finalmente vi o filme da Ghibli – Ocean Waves. Este e outros encontram-se atualmente na Netflix, então aproveitei a oportunidade. No geral, gostei do filme. Apesar de não ser nada de extraordinário, acabou por me entreter durante aquela hora e pouco. Quanto a séries, parei de ver Demon Slayer. Já ia a meio da série, mas nem por isso estava interessado em saber o que ia acontecer. Tendo isso em conta, e com tantos outros animes na lista para ver, não hesitei em fazer drop.

 

 

Agora vou ver a terceira temporada de Castlevania, série a qual tenho acompanhado desde que saiu a primeira temporada. Quem sabe se depois disto, não me dedico finalmente a Castlevania: Lords of Shadow. O jogo é retro compatível na Xbox One e tenciono aproveitar essa vantagem. Nunca cheguei a jogar na altura em que saiu, mas sempre tive curiosidade. Agora que esse e o segundo foram oferecidos no serviço Gold, penso que finalmente irei avançar.

E pronto, assim passou mais uma semana. Esperem alguns novos artigos nos próximos dias, tanto em português como em inglês. Para a malta que só recentemente começou a seguir o site, caso seja publicado um artigo apenas em inglês, isso significa que a versão portuguesa já foi publicada há mais tempo. Basta usar o motor de busca para o encontrar.

Nada mais tenho a acrescentar por isso, boa semana a todos!

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.