Dead or School – Análise

deadorschool

 

Dead or School foi lançado para PC em 2018 e para a Playstation 4 e Nintendo Switch em 2019 no Japão. Passado todo este tempo, o título chega finalmente às consolas Ocidentais em formato físico e digital. O jogo tem lugar num cenário apocalíptico onde os zombies invadiram a cidade de Tokyo e, por essa razão, os humanos foram forçados a viver no subsolo. Após algumas gerações, a avó do personagem principal conta à sua neta histórias sobre a sua infância e sobre como era a vida antes de serem obrigados a fugir do inimigo. Hisako, personagem principal, recebe o uniforme escolar das mãos da sua avó e decide eliminar a ameaça zombie para que possa conseguir voltar à escola…

 

deadorschool2

 

O jogo tem lugar no sistema metropolitano de Tokyo e as famosas estações de Shinjuku, Asakusa, Akihabara e Roppongi marcam presença. Ok, não é uma presença de forma oficial, mas acaba por dar um pouco mais de veracidade à temática do jogo. Existem alguns cenários no exterior mas, a maioria, é em espaços fechados. Estamos perante um título sidescroller em 2.5D, com alguns elementos RPG, onde enfrentamos enormes hordas de zombies e mutantes. Para nos ajudar a combater, temos à disposição diversos tipos de espadas e armas, incluindo snipers, metralhadoras, lança-rockets, entre outras escolhas. Cada uma destas armas pode ser evoluída e aplicada determinadas funcionalidades como por exemplo, mais munição, mais durabilidade, etc. Por falar em durabilidade, todo armamento sofre desgaste mas, para o consertar, basta encontrarmos um ponto de gravação. Nesse local, as armas são restauradas automaticamente, bem como toda a nossa barra de vida e munição.

 

deadorschool1

 

Loot para todos

A maioria dos inimigos deixam loot ao morrer, o que acaba por originar quantidades enormes de itens para apanhar mas, felizmente, alguns deles são automaticamente recolhidos. Esta quantidade enorme de itens para aplicar no armamento, acaba por oferecer uma importante diversidade na hora de personalizar a forma como combatemos. Obviamente que a espada é para encontros a curto alcance e todas as outras armas são para confrontos a longa distância. Podemos ter equipadas três tipos, onde uma delas é a espada e as outras duas ficam para armas leves e pesadas. Existe também uma árvore de habilidades, a qual permite melhorar imensas situações: barra de energia e vida, aumentar a durabilidade das armas, melhorar a nossa eficácia nas costas do inimigo, aumentar a velocidade de ataque, entre muitas outras possibilidades.

 

deadorschool3

 

No que toca aos inimigos, achei que existe uma oferta bastante reduzida. No espaço de poucas horas, vi praticamente tudo, embora os bosses possam ser sempre um pouco diferentes. Sim, em determinadas zonas, existe um boss que vos poderá dar algum trabalho. Caso tenham alguma dificuldade, seja nestas ou outras batalhas, podem sempre alterar a dificuldade do jogo em qualquer momento.

Ao longo da nossa aventura, vamos encontrando NPC’s, os quais têm normalmente uma missão secundária para nos oferecer. Outros, juntam-se à nossa party e acabam por ter uma maior presença na história, embora nada de grande importância. Cada estação oferece alguma exploração e alguns locais estão inacessíveis inicialmente. Existe um mapa para ser consultado e que nos indica quais os pontos de interesse, tanto em termos de objetivos principais, como secundárias ou até pontos de gravação. O mapa ajuda bastante na hora de saber para onde temos de ir, ou quais os locais que já visitamos.

 

deadorschool4

 

Visuais e Áudio

Quanto ao aspeto gráfico, Dead or School está longe de ser um produto incrível ou visualmente fácil de apreciar. Na verdade, estamos perante algo bem mediano e com texturas que deixam muito a desejar. No geral, achei todos os cenários muito semelhantes, onde nem as pequenas diferenças, conseguiam dar algum brilho especial à zona. Alguns vídeos do jogo são num formato muito anime e não poderia faltar o “pequeno” destaque sexual nos personagens femininos. Fora dos vídeos, a maior parte dos diálogos são todos com imagens estáticas e balões de texto. Para quem preferir áudio em inglês, vai ficar desapontando pois o único existente é japonês, com as óbvias legendas em inglês. No que toca à banda sonora, esta encaixa perfeitamente no ritmo de jogo.

 

 

Veredicto Final

Dead or School é um jogo com uma boa oferta de jogabilidade, tanto em termos de armas, como personalização das mesmas. A árvore de habilidades também lhe dá mais alguma profundidade e a quantidade enorme de zombies presente em todo o lado, faz com que a ação seja algo presente constantemente. Porém, os visuais dos níveis desapontaram-me, tanto pela sua qualidade como variedade, e o mesmo se aplica aos inimigos. Em suma, Dead or School tem algumas coisas boas mas que, infelizmente, não brilham mais porque existem outras tantas com o efeito contrário.

 

positivo Ação constante
positivo Árvore de habilidades oferece boa personalização
positivo Boa variedade de armas e respetivos melhoramentos
positivo Bom acompanhamento sonoro para matar zombies

errado Pouca variedade de inimigos
errado Visuais medianos e cenários algo repetitivos

Data de Lançamento: 13 de Março de 2020
Produtora: Studio Nanafushi
Editora: Marvelous Games
Género: Ação
Disponível para: Microsoft Windows, Playstation 4, Nintendo Switch

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para análise (Nintendo Switch) por parte da Marvelous Games.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.