Control: The Foundation DLC – Análise

thefoundation2

 

O jogo da Remedy foi para mim o melhor de 2019. A sua narrativa, visuais e jogabilidade, resultaram num produto de excelência, apenas manchado por alguns problemas técnicos iniciais. Posto isto, foi com grande expectativa que comecei a jogar o seu primeiro DLC The Foundation. Este conteúdo retoma a narrativa do ponto onde ficou o jogo principal e leva-nos a investigar o desaparecimento de Marshall, bem como problemas com uma estrutura chamada The Nail. Em termos de história, acaba por não ser algo extraordinário, mas que encaixa perfeitamente como continuação dos eventos anteriores.

The Foundation tem lugar numa nova zona do jogo com o mesmo nome. É um local abaixo da Oldest House e que nos leva a percorrer essencialmente túneis e grutas. São cenários bem escuros, mas, ao mesmo tempo, também com zonas mais claras onde quero destacar uma enorme quantidade de areia vermelha. Sem dúvida, uma grande mudança visual comparativamente ao que se viu no jogo base.

 

thefoundation1

 

Este conteúdo oferece uma nova habilidade, a qual contém duas variantes. Chama-se Shape e podemos usar para criar plataformas ou destruir obstáculos. Para ambas as situações, estas só podem ser aplicadas em determinados locais. Só podem escolher uma das vertentes inicialmente, mas com o progresso do jogo, poderão escolher a outra. Seja lá qual escolham primeiro, haverão sempre zonas onde não conseguirão chegar pois requerem uma ou a outra habilidade. Isto faz com que, uma vez que obtenham a segunda vertente, possam voltar atrás para aceder a novos caminhos e itens que estivessem bloqueados. Estes dois poderes acabam por dar um novo dinamismo à forma como nos movimentamos, e uma delas pode inclusivamente, ser usada em combate em locais específicos.

Por falar em combate, o DLC traz um novo inimigo bastante ágil e que tem um género de picareta ou martelo na mão e que o projeta contra nós. Como se isto já não fosse incomodativo o suficiente, os próprios ainda são muito ágeis, tornando-os em difíceis alvos a abater. Foram inimigos que me deixaram em pânico na maioria dos confrontos, pois a sua movimentação era sempre incerta, e o arremessar da sua arma acabou por tornar os momentos ainda mais intensos.

 

 

Para além da habilidade Shape, também foi adicionado uma nova capacidade ao nosso escudo. Chama-se Shield Rush e agora podemos ir contra os inimigos, enquanto temos o escudo ativo. Isto pode eliminar os mesmos ou fazê-los recuar com o impacto. Sem dúvida, mais uma boa mecânica para ajudar no combate, pois fiquei com a sensação que os confrontos ficaram mais difíceis neste conteúdo. Confesso até que a frustração se apoderou de mim em alguns momentos, coisa que nunca senti no jogo base. As batalhas com alguns bosses são muito interessantes, mas o problema dos checkpoints continua presente. Para além do recuar bastante e obrigar-nos a uma longa deslocação em alguns casos, os longos loadings acabaram por me deixar ainda mais frustrado. De salientar que estou a jogar numa Playstation 4 base, o que não deve ajudar na rapidez dos mesmos. No que toca à performance, o jogo continua com problemas de frame rate esporadicamente, mas muito melhor do que há uns meses.

The Foundation é um DLC que pode ser terminado entre quatro a cinco horas. Porém, caso queiram fazer todas as missões ou obter todos os colecionáveis, é capaz de durar um pouco mais. A nova zona oferece um ambiente consideravelmente diferente ao que estávamos habituados e apesar da narrativa não ser surpreendente, acaba por complementar a história de Control. Se gostaram do jogo base, então não tem como não gostar da oferta deste DLC.

 

positivo Um novo inimigo
positivo Nova habilidade
positivo Melhoramento à habilidade do escudo
positivo Nova zona com visuais diferentes

errado Continua com alguns problemas de frame rate

Data de Lançamento: 26 de Março de 2020 (DLC)
Produtora: Remedy Entertainment
Editora: 505 Games
Género: Ação, Aventura
Disponível para: Microsoft Windows, Playstation 4 e Xbox One (Xbox em Junho)

Foi disponibilizado um código do DLC para análise (Playstation 4) por parte da 505 Games.

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares. @bakum4tsu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.