TT Isle of Man: Rise of the Edge 2 – Análise

tt2analise

 

Nota: Esta análise não contém comparações com o título anterior, pelo facto de não o ter jogado.

 

TT Isle of Man: Rise of the Edge 2 transporta-nos até à Ilha de Man, uma ilha localizada entre o Reino Unido e a Irlanda, e que proporciona um dos espetáculos motorizados mais arrojados de se observar. Quer dizer, arrojados para os pilotos… Este é o jogo oficial da prova e recria toda a ilha de uma forma muito meticulosa. São cerca de 60 Km de prova, onde a vossa habilidade para segurar uma mota a alta velocidade será testada ao limite. Os percursos são maioritariamente em estradas comuns, onde lombas ou os próprios passeios dentro da cidade, são mais que suficiente para vos colocar a limpar o pó do alcatrão.

 

tt2velocidade

 

Este jogo é pura simulação e a exigência da condução é bem alta. Se pensam que podem ir a alta velocidade até ao momento da curva, então é melhor tirarem alguns cavalos da mota. Qualquer curva no jogo convém ser bem pensada, tanto em termos de velocidade como de postura na mota, pois o peso da mesma tem que ser tido em consideração. Podem ir mais devagar e curvar vagarosamente, mas também é possível fazê-lo a uma boa velocidade, caso tenham começado a curvar o mais cedo possível e na melhor trajetória possível. É uma aprendizagem que requer algumas horas de jogo para apanhar o jeito, mas uma vez que consigam aplicar a teoria na prática, então o jogo ganha uma outra vida.

Para além da habilidade pessoal, os próprios melhoramentos à mota ajudam bastante na sua condução. Seja por torná-la mais leve e com uma melhor resposta de arranque, são vários os fatores a ter em conta para um resultado mais eficaz. Assim que comecei a aplicar algumas melhorias, foi notória a eficácia em prova. No que toca ao número de veículos, o jogo contém 13 motas oficiais da prova, e mais algumas lendárias, bem como os 27 destemidos pilotos que percorrem tais sinuosas estradas sem pestanejar de medo.

 

TT Isle of Man - Ride on the Edge 2_20200407205510

 

Falando agora um pouco do modo carreira, este permite ir desde o escalão mais baixo até ao topo da prova. Está dividida por temporadas e podem escolher uma equipa por quem correr, ou simplesmente ser um lobo solitário. Obviamente que com uma equipa, existem objetivos que ajudam reputação e determinadas melhorias mais facilmente. Cada vez que terminam uma corrida, podem ganhar algumas “cartas”, as quais podem aplicar no início de cada prova, de forma a obter certos benefícios. Existe também uma loja onde podem comprar melhoramentos para a mota, como também algumas pinturas especiais.

As possibilidades da configuração da mota são grandes o suficiente, de forma a oferecer uma excelente experiência de mecânica a todos os que gostam desse desafio. No meu caso, prefiro usar o “ajuste automático”. É mais confortável e seguro… Para além da carreira, o jogo oferece outros modos como corrida única, contra relógio, multiplayer e ainda um modo mundo aberto, onde podem testar a mota de diversas formas, bem como conhecer melhor alguns percursos.

 

tt2fantasma

 

Visualmente, este é um jogo que, não estabelecendo um novo patamar de qualidade dentro do género, acaba por cumprir muito bem o seu propósito. Dá gosto observar algumas das paisagens da ilha mas, muito sinceramente, não aconselho de todo pois o resultado será trágico… Como seria de esperar, os modelos das motas estão impecáveis e conseguem representar fielmente as versões verdadeiras.

O jogo tem várias câmaras e algumas delas permitem uma maior imersão na experiência, tal como a câmara a partir do interior de um capacete. Nos momentos em que testei, quase que senti suores frios nas rectas a alta velocidade, ou em curvas onde quase limpava o alcatrão com o fato. Em termos sonoros, foi feito um bom trabalho no que toca ao ruído de cada um dos veículos e quero destacar o som que conseguimos ouvir ao passar a alta velocidade por uma zona de casas ou árvores. Neste aspeto, aconselho vivamente a jogarem com auriculares, o que irá tornar a experiência ainda mais real.

 

 

Apesar de não ser de todo um fã deste desporto motorizado, TT Isle of Man: Rise of the Edge 2 surpreendeu-me pela positiva. Assim que comecei a dominar melhor a mota, dei por mim a acelerar destemidamente pelas sinuosas estradas da Ilha de Man, mas sempre ciente que aquilo não ia acabar bem… O modo carreira oferece facilmente muitas horas de jogo e uma vasta personalização das motas, ideal para quem gosta de mecânica. Se são fãs da prova oficial ou do próprio desporto em causa, então aconselho vivamente este título.

 

positivo A prova oficial totalmente licenciada
positivo Modo carreira robusto com várias temporadas
positivo Ilha de Man fielmente recriada
positivo Condução exigente, mas justa
positivo Muito personalização das motas, a nível visual e mecânico

errado Nada de relevante a salientar

Data de Lançamento: 19 de Março de 2020
Produtora: KT Racing
Editora: BigBen Interactive
Género: Corridas
Disponível para: Microsoft Windows, Playstation 4 e Xbox One

Foi disponibilizado um código para análise (Playstation 4) por parte da Upload Distribution.

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares. @bakum4tsu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.