Inertial Drift – Análise

Inertial Drift

Assim que vi o trailer de Inertial Drift pela primeira vez, aquando do seu anúncio, foi inevitável não sentir o vibe da famosa série de anime chamada Initial D. Para quem souber do que estou a falar, facilmente irá identificar a conexão, mas como não quero deixar ninguém de fora, é uma série de corridas de ruas (obviamente) com enorme foco em drifts. Na verdade, é muito mais que isso, mas essa conversa fica para outro dia. (A sério, vejam este anime.)

Inertial Drift segue um bocado por essa premissa, corridas de rua com enorme foco em drift. Existe um modo história, mas é relativamente curto e funciona quase como um tutorial sobre as diversas mecânicas e tipos de corridas que existem. Inicialmente, só podemos escolher alguns carros, sempre com um personagem específico associado. A história pode ser terminada em cerca de duas a três horas, dependendo sempre da quantidade de vezes que repetem alguns eventos para melhorar, sejam os vossos tempos ou pontuações.

Inertial Drift3
Porque de lado é que vamos bem.

É no analógico direito que está a magia

Como já tinha dito, o jogo foca-se muito em drift onde o analógico direito serve unicamente para esta manobra. Em suma, analógico esquerdo controla a trajetória e o direito é para o drift. É um sistema bastante acessível e rapidamente conseguimos apanhar o jeito. Porém, levará algum tempo até conseguirem dominar todas as curvas, principalmente as mais sinuosas dos circuitos de montanha, fazendo lembrar facilmente as montanhas japonesas conhecidas para este desporto drift. Initial D mostra isso mesmo, tal como a terceiro filme de The Fast and the Furious chamado Tokyo Drift.

O jogo oferece diferentes tipos de localizações para competir e, para além das montanhas, estão disponíveis zonas mais rurais e outras mais citadinas. No geral, existe uma boa variedade e, embora não seja de todo estampado, são notórias as inspirações japonesas nos diferentes locais. Os visuais do jogo encaixam de forma perfeita no espírito do mesmo, usando o cel shading com um traço muito a virar, mais uma vez, para o anime.

Inertial Drift2
Curva após curva, drift após drift.

Existem 20 circuitos diferentes os quais podem ser usados nos mais variados modos como as habituais corridas, contra-relógios, confrontos por pontuação e multiplayer. Alguns destes acabam por ter várias vertentes, tanto as corridas, como os contra-relógios, dando um total de sete diferentes possibilidades de eventos. Inertial Drift coloca 16 viaturas à nossa disposição, umas mais acessíveis do que outras, para conduzir a alta velocidade e com um exigente nível de técnica, pelas estradas apertadas e sinuosas. Os vários veículos possuem características diferentes, as quais têm grande peso na forma como conduzimos os carros. Alguns deles são bem difíceis quando chega a hora de executar um drift, o que exige ainda mais do jogador em termos técnicos.

Inertial Drift1
Vários carros disponíveis, cada um com uma condução diferente.

Aquele cheiro a borracha queimada

De uma forma geral, é fácil de começar a jogar e fazer drifts. O desafio inicia-se é quando os nossos adversários começam a exigir mais de nós, tanto em termos de pontuação, como tempos necessários a atingir. Nada que a prática não ajude e existe um modo só para andarmos à vontade a conhecer as estradas e evoluir a nossa técnica. Inertial Drift é exatamente aquilo a que se propôs. Um jogo afunilado em drifts com uma jogabilidade sempre a pedir para se queimar mais um bocado de borracha.

positivo Boa variedade de carros e circuitos
positivo Visuais encaixam muito bem no espírito do jogo
positivo Dá prazer queimar borracha curva após curva
positivo Diversos modos de jogo

errado Nada de especial para salientar

Data de Lançamento: 8 de setembro de 2020 (consolas)
Produtora: Level 91 Entertainment
Editora: PQube
Género: Corridas
Disponível para: PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para análise por parte da PQube. (Switch)

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares. @bakum4tsu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.