Miss Hokusai – Obrigatório ver?

misshokusai

Quase todos vocês já se devem ter cruzado algures com a famosa imagem da onda japonesa, mais conhecida por “A Grande Onda de Kanagawa”. O artista responsável por essa imagem/pintura chama-se Katsushika Hokusai, e é na sua filha que a história de Miss Hokusai se foca – O-Ei. Este filme é inspirado na obra original chamada Sarusuberi, um manga publicado durante os anos 80, e relata o dia a dia de O-Ei e forma como se relacionava com o seu pai.

Acima de tudo, era mais uma relação de trabalho do que qualquer outra coisa. Não existe qualquer relacionamento de afeto e as trocas de palavras acabam sempre por ser “muito secas”. Tal como o seu pai, O-Ei também tem uma grande veia artística dentro de si e ajuda o mesmo na criação dos seus trabalhos. Acaba por ser uma personagem com uma personalidade bastante interessante e, de uma forma geral, só existem duas coisas que roubam a maior parte da sua atenção – o pintar e a sua irmã mais nova.

misshokusai2

Na verdade, para mim, é nesta irmã mais nova que se concentra uma grande parte emocional do filme. Esta rapariga é cega, o que vai contra tudo aquilo que o seu pai representa em termos artísticos. O não poder apreciar a arte do mesmo, ou de O-Ei, faz com que ela consiga ter perceção de outras coisas. Uma das cenas que mais me marcou foi quando a miúda passou por debaixo da icónica ponte de Edo (ex-nome da cidade de Tóquio) e ouviu os sons provenientes das pessoas que estavam a atravessá-la nesse momento.

Para pessoas que, felizmente, têm a capacidade de ver, isto acaba por não ter grande importância, mas para quem a audição é a única forma de “ver” o mundo, é um momento poderoso. O próprio áudio do filme faz questão de salientar ainda mais esse momento com um bom trabalho naquele instante. Verdade seja dita, são alguns os momentos em que o filme dá ênfase a este tipo de situações, tal como a rapariga ouvir com bastante atenção o som da neve a cair das árvores. Ao contrário da postura perante a maioria do resto das personagens, O-Ei tem uma atitude bastante ternurenta para com a sua irmã e isso reflete-se em momentos de pura felicidade da pequena jovem.

misshokusai1

Para além de Hokusai e O-Ei, e respetiva irmã mais nova, existem mais algumas personagens que complementam a performance dos mesmos, onde apenas um ou outro é que têm mais algum tempo de ecrã. Acabam por não ser personagens que vos irão marcar, mas a sua presença no filme dá todo um outro sentido ao estilo de vida que pai e filha levavam. São duas pessoas que se dedicavam totalmente à pintura, esquecendo tudo o resto que poderia ser considerado responsabilidade.

Antes de concluir, quero apenas dizer que o filme foi produzido pelo consagrado estúdio japonês Production I.G., também responsável por animes como Ghost in the Shell, Psycho-Pass, Haikyu!!, entre muitos outros. Na verdade, é um dos mais conceituados estúdios de anime, a par do Studio Ghibli, e isso voltou a confirmar-se com a boa animação a nível geral de Miss Hokusai. No que diz respeito à banda sonora, sou da opinião que também foi feito um bom trabalho neste campo, tornando certos momentos ainda mais poderosos e intensos.

Posto isto, a questão que se coloca é:

Será obrigatório ver Miss Hokusai?

Não considero obrigatório ver Miss Hokusai, mas a verdade é que já o vi duas vezes. Não é um filme que me tenha deixado fascinado da primeira vez, mas houve algo que me fez voltar a vê-lo recentemente. Miss Hokusai não prime pela sua narrativa, mas mais pelos seus personagens principais e respetivo estilo de vida. Sendo o filme inspirado na obra sobre a filha de um dos mais famosos artistas japoneses, acabamos por ficar a conhecer também um pouco da sua personalidade, bem como a importância que teve no sucesso do trabalho do seu pai. Para quem apreciar filmes, ou séries, inspirados em pessoas reais, então este é um filme que facilmente aconselho. Acima de tudo, não esperem uma história que vos irá deixar na ponta do sofá, mas sim uma que vos irá deixar relaxados e, possivelmente, satisfeitos no final.

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares. @bakum4tsu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.