Ikebukuro West Gate Park – Primeiras Impressões

Ikebukuro West Gate Park primeiras impressões

Ikebukuro West Gate Park é outro dos animes que está na minha lista para acompanhar nesta temporada de Outono. Se há algo que salta à vista, pelo menos para mim, é o facto que não consigo deixar de olhar para esta série e lembrar-me de Durarara. Para quem já viu, poderá facilmente reparar em algumas semelhanças, mas falarei um pouco mais à frente sobre isso. Aqui ficam as minhas primeiras impressões de IWGP, série que estreou esta semana.

Existem várias zonas bastante movimentadas em Tóquio e Ikebukuro é obviamente uma delas. É nesta zona da capital nipónica que a história tem lugar e foca-se em Makoto Majima – um rapaz que trabalha numa frutaria, juntamente com a sua mãe. Makoto é amigo de longa data de Takashi, o líder do gangue G-Boys. Ao que parece, Makoto não faz parte do grupo, mas ajuda em alguma situação caso o seu amigo peça. É isso que vemos acontecer neste primeiro episódio, onde ambos tentam terminar com a atividade de algumas lojas que vendem droga, a qual tem sido a causadora de alguns distúrbios na zona. A rapariga envolvida na história deste primeiro episódio, viu a sua mãe ser atropelada por uma pessoa que estava sob o efeito dessa mesma droga, mas que se encontra em liberdade condicional. De forma a evitar mais situações destas em Ikebukuro, Takashi pede a Makoto que vá terminar com o negócio, pois segundo as palavras do líder do G-Boys, “as drogas são inimigas de Ikebukuro”.

Parece que IWGP terá a sua boa dose de ação, ou pelo menos, foi com essa impressão que fiquei nestes primeiros vinte minutos. Quero salientar a boa variedade de personagens que interagem com Makoto, o que também pode originar num maior dinamismo de eventos, um pouco tal como acontece em Durarara. Para além disso, também a música encaixa perfeitamente no espírito da série e, mais uma vez, bastante semelhante ao usado em Durarara.

A animação é talvez um dos pontos que me deixa mais reticente neste momento. O estúdio está longe de ser conhecido, e os seus trabalhos até ao momento não foram em animes propriamente famosos. Obviamente que isso não quer dizer nada, e para quem ainda não viu o primeiro episódio, até pode achar que estamos perante uma barbaridade, mas longe disso.

De uma forma geral, gostei bastante do que vi e estou curioso para saber como será a abordagem dos restantes onze episódios. Fico sempre desconfiando destas adaptações de curta duração, mas como não conheço o material original, resta-me esperar e ver como serão o desenrolar dos acontecimentos, e se terá capacidade para preencher os requisitos da minha alta expectativa para esta série.

Autor: Pedro Simões

Um apaixonado por videojogos e apreciador de anime. Por vezes, possuidor de opiniões pouco populares. @bakum4tsu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.