Football Manager 2021 – As Novidades!

FM21_novidades

Mais um ano, mais um Football Manager para a coleção. E como não poderia deixar de ser, a Sports Interactive continua a dedicar todo um ano ao aperfeiçoamento de um jogo que, para os amantes do género, parece nem ter muito para aperfeiçoar.

Se gostam de futebol e têm interesse nesta série, então nem deverá ser preciso explicar muito do básico do jogo. Fiquemos pelas novidades!

Interação

Sem dúvida o campo com mais novidades.

Com a crescente importância que vemos no futebol em relação à gestão de recursos humanos, tem-se a expectativa que o treinador seja especialista em lidar com os jogadores e que os mantenha motivados – talvez deixando algumas das partes mais técnicas, táticas e de condicionamento físico para assistentes e analistas. Football Manager 2021 reflete essa postura com bastantes novidades no campo da comunicação. Podemos agora deixar a nossa posição clara aos jogadores através de gestos, os quais dependem da circunstância. Por exemplo, durante as palestras táticas podemos ser mais calmos, mais exaltados, ou até nervosos. Podemos, inclusivamente, atirar garrafas pelo balneário fora durante o intervalo!

Consta que o impacto que estes momentos têm no moral dos jogadores é bastante superior a versões anteriores.

fm2021_01
Vamos ver se o Pedro Trigueira tem alguma sugestão de bons jogadores para o nosso Tondela. Antes de falarmos, temos a opção de o cumprimentarmos de três diferentes maneiras: um aperto de mão formal, uma pancadinha no ombro (que serve como meio termo), e um abraço de amizade.

Sendo que a grande maioria do jogo decorre numa interface que gira à base de texto, não podemos ver as reações dos jogadores – mas o nosso assistente pessoal faz sempre questão de partilhar connosco o que viu.

fm2021_02
O plantel do Tondela adorou a minha promessa de dar oportunidades aos jovens!
fm2021_03
…mas nem todos ficaram contentes com o meu ambicioso objetivo de acabar a época confortavelmente pelo meio da tabela. E agora?

No fim destas reuniões de equipa, recebemos uma compilação com a informação resultante da mesma: jogadores que ficaram a sentir que lhes foram feitas promessas, e que mudanças é que sofreram no moral.

De notar que é impossível conjugar gestos e falas com sentido oposto. Não podemos andar aos pontapés a cadeiras e dizer que estamos felicíssimos com o plantel, da mesma maneira que não podemos sorrir calorosamente enquanto lhes dizemos que estamos envergonhados com o nosso desempenho.

fm2021_04
Com que então estás acomodado? Levas já com um dedo na tua direção e uma ordem de mostrares o que vales. Se fosse no intervalo, podia atirar garrafas!

Estas novidades nas interações também se expandem à conferência de imprensa, a qual é agora mais realista: temos o Diretor de Comunicação do clube ao nosso lado, o qual vai gerindo o que se passa. Podemos até ser aconselhados sobre alguns temas mais específicos, no caso de ser conveniente para o clube.

fm2021_05
O Tondela quer que eu responda especificamente a perguntas sobre o meu novo cargo.

Jogos

Claramente renovada, esta foi outra área em que a Sports Interactive apostou para o FM21. Desde o pré-jogo até após o apito final, temos bastantes novidades. Antes de começar o encontro, somos agraciados com o seguinte:

fm2021_06
Um novo interessante ecrã pré-jogo que nos mostra os onze iniciais, opiniões oferecidas nas redes sociais fictícias do jogo, e alguns conselhos do adjunto. De notar que temos três opções diferentes, das quais uma delas é nova: podemos aceitar ou ignorar como dantes, mas agora temos a hipótese de irmos diretamente para o menu em questão e fazermos o que acharmos apropriado.

Entrando em campo, sente-se de imediato a diferença: os estádios têm muito mais detalhe que anteriormente. Em terrenos como o Estádio João Cardoso, em Tondela, vemos claramente vários edifícios e objetos desenhados em 3D na periferia do campo – o que, à primeira vista, pode parecer algo inútil, mas a verdade é que nos deixa inconscientemente com uma sensação diferente. Assim, sentimos bem mais que isto é suposto ser o futebol real.

Mas as mudanças não se ficam só pelo ambiente fora do relvado; no interior também se notam algumas alterações. Mal entramos no primeiro jogo-treino contra o nosso segundo onze, vemos logo os jogadores a correr pelo campo nos exercícios de aquecimento. Isto pode não ser novidade a 100%, mas o nível de detalhe está muito superior. Quanto ao motor de jogo, admito que ainda não consegui jogar o suficiente para avaliar por mim próprio, mas a Sports Interactive promoveu bastante as suas melhorias e renovações também neste campo. Esperemos que resolva situações reportadas no FM20, como extremos a terem uma enorme tendência para rematar em ângulos demasiado apertados, mesmo que as instruções individuais lhes indicassem a cruzar sempre! A verdade é que, vendo todo o trabalho que foi investido em diferentes áreas, é bem possível acreditar que estas melhorias foram mesmo aplicadas com todo o entusiasmo.

fm2021_07
Os ambientes estão muito mais detalhados – e os jogadores têm muito mais animações em campo, como neste aquecimento pré-jogo.

Começa o jogo, e vêm logo bastante mais novidades…

fm2021_08
A renovada interface durante o jogo tem tanto conteúdo novo, que pode ser assoberbante no início – mas vale completamente a pena depois de alguns jogos a experimentar tudo.

A Sports Interactive apostou também bem forte no sistema de análise xG, abreviatura para “Expected Goals” – golos esperados, um modelo avançado e detalhado que analisa a qualidade das oportunidades de golo e a probabilidade de serem convertidas. Pode dar azo a alguma subjetividade quando feita por mão humana, mas a inteligência artificial presente no jogo elimina qualquer tipo de ambiguidade.

fm2021_09
O ecrã que nos surge no intervalo é apenas a ponta do icebergue em relação ao xG neste jogo, mas dá-nos logo um gráfico vital: aparentemente, o nosso segundo onze começou logo com mais ímpeto e melhores oportunidades, mas a equipa titular deu a volta na segunda metade do tempo.

COVID-19

Esta era, sem dúvida, uma grande questão que a base de utilizadores tinha em relação ao jogo. Vai haver Covid? Como afeta o jogo?

A decisão da Sports Interactive foi um meio-termo. Com o intuito de fazer com que a experiência dos utilizadores seja sem stress, agradável e que funcione como um “escape” à realidade, o vírus em si não existe. É impossível que a doença surja em jogo, sob nenhuma circunstância.
Claro que isto é sempre contornável através do editor e de variados ficheiros de edição de dados – visto que é facílimo criar lá lesões e doenças – portanto não se admirem que um dos vossos ficheiros oficiosos de “atualizações” venha com surpresas…

Por outro lado, o impacto desportivo está bem presente. Uma grande maioria dos clubes começa o jogo com as finanças bem detonadas, e os mecanismos da inteligência artificial do jogo em relação às transferências foi remodelado para atender a esta nova realidade. As alterações temporárias nas regras estão todas presentes, e a época atual começa mais tarde – em alguns países, isto faz com que só seja possível começar o jogo em 2021, como no Brasil. Tudo isto, no entanto, volta ao normal logo nas segundas épocas.

Recrutamento

Também no âmbito da realidade atual do futebol – já referida anteriormente – o maior envolvimento de especialistas em vários departamentos reflete-se no recrutamento, cuja área recebeu uma novidade sonante.

Em todos os inícios de época, temos uma reunião com pessoas chave no clube: presidente, diretor desportivo, olheiro chefe e treinador adjunto. Esta reunião serve para discutir e debater as prioridades do clube em relação ao mercado de transferências, com variados propósitos: colmatar fraquezas no plantel, cobrir posições nas quais se espera perder o titular para breve, fazer contratações específicas para cumprir com as visões do clube, e por aí adiante. Há toda uma panóplia de condições e filtros que se podem aplicar nesta sessão, e bem aproveitada, sem dúvida que saímos de lá com a vida bem facilitada no que toca à prospeção de novas contratações.

E por aí adiante…

Todos os anos, são sempre introduzidas milhares de pequenas alterações e melhorias no jogo – a maioria das quais será provavelmente impercetível a um jogador mais casual.

Ok, agora que já falei um pouco sobre as grandes novidades da versão deste ano, está na hora de regressar ao centro de estágios do Tondela e colocar aquela malta toda a correr. Afinal de contas, conseguir a manutenção na primeira liga é um objetivo mais difícil do que parece

Foi disponibilizada uma cópia do jogo para análise.

Autor: João Pires (Ravsieg)

Maluco que cresceu com a SEGA e adora os jogos da era da Saturn, agora faz rádio sobre eles. Ex-profissional da indústria com o sonho de voltar. Venham jogos de desporto, de corrida, "fighters" ou TRPGs! Ah, e Virtual On é BAE. :D

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.