Categoria: Análises

Team Sonic Racing – Análise

Se bem me lembro, o meu primeiro jogo do género foi Street Racer para a clássica Sega Saturn. O caos durante as corridas é razão para gargalhadas e adrenalina positiva, enquanto conduzimos a alta velocidade a desviar de tudo o que é projéteis e obstáculos a invadir a […]

Rage 2 – Análise

Depois do tímido sucesso do primeiro Rage (se é que se pode considerar que isso aconteceu), eis que do nada e quando já ninguém esperava, surge o anúncio de Rage 2 (mais uma vez obrigado à Walmart Canada por ter estragado a surpresa). As promessas foram algumas e […]

Days Gone – Análise

​ Anunciado durante a E3 de 2016, Days Gone surge no mercado numa altura em que existe uma saturação de jogos survival com a temática zombie. Desculpem, freakers… o que quiserem chamar… isto quer é pegar na mota e na caçadeira e desbravar caminho por entre eles, enquanto fazemos […]

Weedcraft Inc – Análise

É engraçado que vivemos tempos em que a canábis é cada vez mais usada para fins medicinais em todo o mundo, inclusivamente no nosso país. Depois de tanto desdenharem, lá chegaram à conclusão que afinal nem tudo é mau. Bom, a maioria dos medicamentos são drogas, embora leves, […]

The Messenger – Análise

Este foi um jogo que teve um considerável sucesso durante o ano passado, onde chegou a ser nomeado para vários prémios e a ganhar alguns deles. Agora que chegou à Playstation 4, tive finalmente a oportunidade de o experimentar e tentar perceber todos os louros obtidos nos últimos […]

Metro Exodus – Análise

A série Metro é baseada em livros e sempre se destacou por algumas mecânicas de jogo muito particulares, uma decente narrativa e um foco em survival horror. O terceiro jogo não foge à regra, inclusive, elevando o patamar de qualidade relativamente aos dois jogos anteriores. Exodus tem lugar […]

Kingdom Hearts III – Análise

Esta foi certamente uma das análises mais desafiantes, pelo simples facto de nunca ter jogado nenhum Kingdom Hearts. Tive de enfrentar um número surreal de personagens e mundos, envolvidos em relações que me são completamente desconhecidas em algo que mais parece uma “salada de fruta”. Na verdade, a […]

Catherine Classic – Análise

​ Catherine foi lançado inicialmente em Julho de 2011 nas consolas Playstation 3 e Xbox 360 em território Norte Americano, tendo chegado à Europa apenas em Fevereiro de 2012. Destacou-se facilmente pelo seu conteúdo e toda a sua apresentação, com vídeos de pura animação japonesa, a qual ficou […]

Resident Evil 2 – Análise

​ Se há algo que os remakes/remasters nos fazem, é recuar no tempo e encher-nos de nostalgia. Resident Evil 2 não foge à regra e transporta-nos para uma altura muito juvenil para muitos de nós, os quais tiveram a sorte de jogar a versão original em 1998. A […]